Faça Login ou
cadastre-se

segmento/liquitex/basics/946_ml.jpg

BASICS - 946 ML (LIQUITEX)

A linha Liquitex Basics pode ser usada em uma variedade das técnicas desde aquareláveis, airbrush, às aplicações grossas que simulam a pintura de óleo. Quando seca, essas tintas acrílicas são permanentes, flexíveis e resistentes a água. .

Total Cartela de Cores: 48 cores.

MONTE SEU PEDIDO: DIGITE A QUANTIDADE E ADICIONE AO CARRINHO


Código Item Cor P T G Preço Qtde
027847.5 IVORY BLACK-244 Cor AA O R$ 140,83 indisponível
027846.7 MARS BLACK-276 Cor AA O R$ 140,83 indisponível
027848.3 TITANIUM WHITE-432 Cor AA O R$ 140,83

Quantidades sujeitas a confirmação (?)


(P) Permanência

AA - Extremamente Permanente
A - Permanente
B - Moderadamente Durável
C - Volátil
(T) Transparência

T - Transparente
ST - Semi Transparente
O - Opaco
SO - Semi-opaco
(G) Granulação

G - Granulado
ST - Stain

Informações adicionais

Finalidade Atenção a Liquitex está renovando os rótulos de suas embalagens por isso pode acontecer de você receber o produto com uma outro rótulo.
Característica A linha Liquitex Basics foi especialmente formulada para os iniciantes nas artes plásticas. Contêm a mesma pasta das tintas Liquitex para profissionais, mas com uma carga menor de pigmento. As cores são miscíveis com todas as cores e mediums profissionais da Liquitex.
Essas tintas possuem propriedades adesivas permanentes e pode ser facilmente aplicadas em várias superfícies tais como lona, madeira, argila, papel e tela. Misture com água para diluir, ou com quaisquer dos mediums acrílicos.
Marca LIQUITEX
Descrição da Marca Em 1955, uma companhia em Cincinnati, Ohio Estados Unidos chamada Permanent Pigments que destilava cores a partir de óleos desde 1933 (e administrada por um homem chamado Henry Levison, que viveu, bebeu, dormiu e respirou tintas artísticas) lançou um produto novo. Esta nova tinta artística era formulada com uma resina acrílica solúvel em água. Podia ser aplicada densa ou diluída e sobre qualquer superfície. De secagem rápida podia ser retrabalhada, aplicada em camadas e o mais importante, poderia ser diluída e limpa com água. Levison tentou batiza-la com um nome que capturasse a essência do meio e o fato que a tinta poderia ir do fluido líquido à textura espessa. A tinta foi então chamada de Liquitex. Levison passou a incentivar os artistas a usarem o produto, mas a aceitação era lenta. Os acrílicos não ganharam completa aceitação na comunidade artística até que Levison descobriu um princípio que é válido até hoje: a boa informação é tão importante quanto o bom material. Baseado nesse fundamento, Levison lançou um programa da demonstração em que os artistas ofereciam workshops e conferências no uso dos acrílicos aos estudantes e aos professores das faculdades. Em poucos anos, os acrílicos eram usados consistentemente nas faculdades e nas universidades em todo o país. E não demorou muito para que a Liquitex estivesse sendo usada por alguns dos artistas mais importantes.

Clientes que compraram este produto também compraram

Compartilhe:

Categorias
Junte-se a nós
©2016 Todos os direitos reservados - A Casa do Artista